Visto Japão – Cônjuge de Japonês

R$310,00

Taxas consulares não inclusas

REF: 397 Categoria: Tags: ,

Descrição

Visto de cônjuge Japonês

Documentos necessários:

✅ Passaporte original;
✅ Formulário de Pedido de Visto assinado conforme o passaporte;
✅ 1 foto colorida (com fundo branco) 3×4 recente;
✅ Cópia da Carteira de Identidade RG ou RNE (cópia autenticada);
✅ Cópia da Carteira de Identidade RG ou RNE do cônjuge (cópia autenticada);
✅ Certidão de casamento (2ª via emitida há no máximo 2 meses. Cópia autenticada);
✅ Koseki Tohon ou Koseki no Zenbujikoshomeisho do cônjuge constando o casamento do casal (validade 1 ano) (original e cópia simples)

Documentos abaixo do cônjuge japonês (validade 3 meses):

-Se o cônjuge residente no Japão chama o solicitante
✅ Carta de Garantia (original)
✅ Atestado de Emprego (Zaishokushomeisho) (original)
✅ Atestado de Residência (Juminhyo) (original)
✅ Cópia do passaporte (páginas com dados pessoais, assinatura, vistos, selos de entrada e saída, etc.)
✅ Comprovante de renda(original e cópia simples) de: Gensentyoshuhyo, Shotokushomeisho Kakuteishinkokusho;
✅ Holerites (3 últimos meses)

-Se o cônjuge entra no Japão junto com o solicitante
✅ Carta de Garantia (original)
✅ Cópia do passaporte (páginas com dados pessoais, assinatura, vistos, selos de entrada e saída, etc.)
✅ Um dos documentos do cônjuge: Contrato Provisório de Trabalho (original); Carta da empresa do Japão ou do Brasil (Jireisho) com designação de transferência dentro da empresa para assumir ou retomar cargo no Japão (original e cópia simples); Atestado de Emprego, via recente (se o cônjuge japonês está de férias) (original)

Obs.: Todos os documentos apresentados estão sujeitos à análise e se necessário, outros podem ser solicitados.
Obs2: Caso tenha o Certificado de Elegibilidade os documentos são diferentes. Nesse caso, entre em contato conosco.

Visto destinado a Cônjuge de um Japonês. O visto de cônjuge Japonês é válido a partir da emissão de visto, assim o solicitante tem 3 meses para entrar no Japão. Caso tenha um certificado de elegibilidade a permanência pode ser diferente, por isso consulte-nos. O que é Certificado de Elegibilidade? • Em japonês: Zairyu Shikaku Nintei Shomeisho • Em inglês: Certificate of Elegibility O Certificado de Elegibilidade é um documento emitido pelo Departamento de Controle de Imigração do Ministério da Justiça para ser apresentado no momento do desembarque, e tem a função de atestar que a atividade que o estrangeiro pretende exercer no Japão está de acordo com uma das qualificações de permanência (exceto curta permanência) definidas na Lei de Imigração. (A solicitação do Certificado de Elegibilidade pode ser feita por um procurador residente no Japão). Após a emissão do Certificado de Elegibilidade, o procurador deve enviá-lo para o candidato estrangeiro que em seguida irá solicitar o visto junto à embaixada ou consulado japonês. O estrangeiro deve desembarcar no Japão dentro de 3 meses a partir da emissão do certificado. Saiba o que é Nissei e Sansei: Em japonês, “sei” significa geração, e “issei”, primeira geração, em português. Issei é o japonês que emigra para outro país. Quando um issei tem um filho em outro país, a criança é um nissei, ou seja, o issei é a primeira geração, o nissei é a segunda e o sansei é a terceira. Nissei Nissei é a segunda geração dos imigrantes japoneses. O filho do nissei, nascido no país em questão, é um sansei, em que “san-” significa terceira, ou seja, o issei é a primeira geração, o nissei é a segunda, e o sansei é a terceira. Nissei são os filhos de japoneses (dos Issei); cuja natalidade deu-se no Brasil. Sansei O filho do sansei (neto do nissei e bisneto do issei) nascido na América (ou outro país) é um yonsei, em que “yon-” significa quarta, ou seja, o issei é a primeira geração, o nissei é a segunda, o sansei é a terceira, e o yonsei é a quarta geração.

Taxa consular: Consulte-nos (sujeita a alteração)

Você também pode gostar de…